Café x Atividade física

O café, uma das bebidas mais apreciadas e consumidas no mundo, é uma excelente forma de começar o dia, nos remete a sensação de bem-estar. A cafeína, um dos seus principais componentes, possui efeito antioxidante e estimulante do sistema nervoso central.

A relação do café com atividade física é muito estudada. Alguns estudos sugerem que a cafeína tem a propriedade de alterar a percepção de dor e de fadiga, além de aumentar a contração muscular. Em provas de curta duração, ela melhoraria a eficiência e a rapidez da contração muscular, já nas provas longas, ela atrasaria a percepção da fadiga. Outro ponto positivo seria o aumento da mobilização de ácidos graxos livres, o que pouparia os estoques de glicogênio muscular, que é importante, sobretudo, para praticante de provas de longa duração.

O café também traz benefícios à saúde, pois ajuda na prevenção da diabetes, câncer, Alzheimer, Parkinson.

Para se obter os benefícios do café, seu consumo deve ser moderado, em torno de 4 xícaras por dia (400mg de cafeína). O efeito da cafeína sobre performance tem sido demonstrado após a ingestão aguda de doses de cafeína entre 3-6mg/Kg de peso corporal.

Devemos ter cuidado com a quantidade de cafeína encontrada nas cápsulas, geralmente são bem elevadas, o que pode trazer prejuízos à saúde, e consequentemente ao rendimento.

 

 

Maria Elisa Anjos

Nutricionista – Nutrizione