BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
O DESTARK é um projeto que visa homenagear nossos Starkianos que mostraram muita força de vontade, determinação, e que deram um novo rumo em suas vidas através do esporte. Nesse novo formato, com uma série de perguntas e respostas, semanalmente teremos depoimentos inspiradores de Starkianos que nos dão o prazer e a alegria de fazer parte do nosso convívio!
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples

BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples

Nome: Paulo Morais
 
Esporte que pratica: Corrida
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
Como você entrou para o esporte e o que mais te motivou a praticá-lo?
Desde criança que pratico esportes, acredito no esporte como formador da personalidade, onde se conhece o doce sabor de ganhar e o amargo de perder, partilhando conquistas e derrotas com todos, pratiquei natação, polo-aquático, basquete, tênis e squash…a corrida só começou na minha vida aos 43 anos…
 
Como conheceu a modalidade e como ela passou a fazer parte da sua rotina?
A Carol Lemos que me levou a conhecer a STARK…e isso de forma radical mudou minha rotina pessoal, sempre fui notívago e acordar as 5h era algo inimaginável para quem dormia a 1h…mas quando me proponho a fazer algo não costumo desistir, foram 2 meses de muita dificuldade para mudar o ciclo biológico, hoje é quase natural.
 
O que o esporte representa hoje na sua vida?
Mais do que o esporte, a interação com o grupo da STARK me fez socializar em Fortaleza, tive dificuldades para me adaptar a cidade, mas na STARK rapidamente criei amigos e passei a sentir falta quando não ia treinar. Brincamos que fazemos parte do grupo do “Treino Social” onde conversamos, nos divertimos e até treinamos. Além disto consegui conciliar minha paixão quase doentia de viajar com a corrida, me defino como um “Maraturista”, em viagens de trabalho ou lazer tento sempre encaixar alguma prova e curtir a cidade correndo…destaco as meia-maratonas de Las Vegas, Lisboa, Luxemburgo, Paris, Key West, Londres, Vale do Silício na California e agora a Maratona de Berlin. 
 
Quais os benefícios que começou a sentir com a prática de atividade física?
É notório a melhoria de todos os aspectos, desde a forma física até o libido, passando pela descarga de endorfina que nos deixa muito mais dispostos e confiantes para tocar o dia-a-dia.
 
Como você definiria em algumas palavras a relação Esporte x Superação na sua vida?
Não falo em superação pois o esporte sempre fez parte do meu cotidiano, mas a corrida passa a ser uma terapia e quase um remédio contra o stress e a a minha hiperatividade, não me imagino voltando a ser um sedentário como na época que cheguei a Fortaleza. 
 
Qual mensagem você deixaria para as pessoas que gostariam de praticar esporte ou que estão iniciando?
Tento mostrar de forma prática e direta os benefícios da corrida, e como é fácil conquistar os objetivos, depende exclusivamente da força de vontade de cada um (os fracos desistem no caminho), a falta de tempo e pseudo-doenças são as desculpas mais fáceis. 
Meu último objetivo foi correr uma Maratona, atingi isto agora a pouco em Berlin, e digo “se eu consegui, qualquer um consegue”, é um momento único cruzar a linha de chegada e perceber de que se é capaz, não teria atingido este objetivo sem determinação (mas sem nenhum heroismo ou mudança radical de rotina), fundamental foi a ajuda de cada um dos parceiros, do Elano e Luciano com a hidratação e incentivos (já que não somos da turma dos camelos), passando pelo João, Deivid e Aline nos treinamentos e alongamentos, meu parceiro Zé Ximenes que foi companheiro de todas as horas, o Edgy que além de parceiro foi o orientador de corrida e sua esposa Luciana (que me deu o gás final no km 40 correndo com uma lata de coca-cola quando não aguentava mais Gel)…e a minha estratégia de corrida de a cada 10km pensar em bons momentos com pessoas que foram importantes na minha vida, em especial no km 30, quanto o “muro” começou a chegar.
Portanto criem suas metas, que seja correr a primeira prova de 5km a fazer uma ultra-maratona, é fácil, basta querer, e a recompensa pessoal não tem preço, a cada meta atingida me sinto melhor e mais forte dos que os que não tentaram, como diz a história “Nunca venci nenhuma corrida, mas cruzei todas as linhas de chegada como um vencedor !”.
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples