BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
O DESTARK é um projeto que visa homenagear nossos Starkianos que mostraram muita força de vontade, determinação, e que deram um novo rumo em suas vidas através do esporte. Nesse novo formato, com uma série de perguntas e respostas, semanalmente teremos depoimentos inspiradores de Starkianos que nos dão o prazer e a alegria de fazer parte do nosso convívio!
 
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
 
Nome: Maria Rosa
 
Esporte que pratica: Corrida e Natação
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
Como você entrou para o esporte e o que mais te motivou a praticá-lo?
Desde pequena, sempre pratiquei esportes. Jogava vôley, nadava, andava de bicicleta, bodyboard.. Sempre pratiquei porque gostava muito, mas logo no início da adolescência, comecei a engordar.. Comecei a fazer caminhadas, dietas e emagreci.. Me mantive dentro do saudável e esteticamente satisfeita até terminar a faculdade, quando viajei para os Estados Unidos e engordei 14kg em 6 meses. A partir disso, sempre tive que ter um controle muito grande. Vivia indo para spa e fazendo dietas (passada por nutricionista, dieta da lua, da sopa… enfim o que tivesse de novo eu estava dentro), mas com o ritmo de trabalho que levava, durava poucos meses. Não tinha horário para nada. Trabalhava pelo menos umas 12h por dia. Almoçava umas 15h.. E na maioria das vezes eram comidas gordurosas. Passava no drive thru do Mc Donads ou qualquer fast food que encontrasse, porque achava que perderia menos tempo. Comia até coxinha com refrigerante no almoço.. 
Enfim, um caos de vida. E isso durou uns 2 anos.. Quando vi estava com o colesterol por volta de 340,  tomando remédio para pressão alta e é claro com o psicológico afetado. Em 2014, após fazer um procedimento cirúrgico, decidi que para me manter saudável, precisa mudar os meu hábitos, não só alimentares, mas também de vida. Foi quando conheci a Stark através da minha prima Karla Caldas. Ela diz que não, mas eu digo que se não fosse por ela, eu não teria começado a correr.
 
Como conheceu a modalidade e como ela passou a fazer parte da sua rotina?
Já tinha tentado correr por duas vezes, mas não consegui, porque além de estar muito acima do peso, o meu joelho incomodava e a corrida não fluía. Voltei a fazer caminhadas na Beira-Mar, quando a Karla, me liga falando que a Lu, amiga dela estava juntando um grupo de mulheres que começariam a correr do zero. O grupo do sofá aos 5km. O horário era bom para mim, porque não era tão cedo, então resolvi testar. Foi maravilhoso, porque era todo mundo no mesmo ritmo e com um mesmo objetivo. Correr 5km em 3 meses. E no final do prazo corremos. 
O interessante, é que após alguns meses de corrida, a Stark iniciou com a natação e eu resolvi testar também. Fiz umas provas de duathlon e gostei muito. A natação me ajudou muito nos treinos para meia, pois o meu condicionamento melhorou bastante. O objetivo é no futuro iniciar no triathlon. 
 
O que o esporte representa hoje na sua vida?
O esporte hoje faz parte de mim. Estou muito feliz de ter me encontrado.
 
Quais os benefícios que começou a sentir com a prática de atividade física?
O esporte me deixou mais focada e menos estressada no trabalho. Ainda tenho problemas de acordar muito cedo, mas é um ponto que pretendo trabalhar. 
 
Como você definiria em algumas palavras a relação Esporte x Superação na sua vida?
Acho que o ponto crucial foi a partir do momento em que decidi  fazer a minha primeira meia maratona. Tinha uma viagem marcada e estava procurando alguma prova de corrida. Encontrei algumas opções de 10km, 15km e a meia maratona do Porto. Estava com muita dúvida se conseguiria finalizar a prova, pois o meu maior longão foi um de 8km. (Iniciei na corrida em outubro de 2014. (Primeira turma das Cocotas). Como não tinha certeza, fui conversar com a Karla e depois que ela me disse que eu conseguiria, se eu treinasse direitinho, fui lá e me inscrevi. Teria 02 meses de treino, mas decidi encarar. E consegui.. E foi muito tranquilo… Recomendo! Fiz toda a minha planilha e percebi que o foco de uma prova marcada ajuda muito. Após o final de cada semana de treino, a gente percebe que o que era impossível de fazer antes, como os 12km, 14km, 16km e 18km.. Agora a gente faz e termina bem. A importância da planilha e da Aline dando força é o que há de melhor. Resumindo, com foco e determinação a gente faz tudo. Tudo é uma questão de cabeça. Se você quer você consegue. 
 
Qual mensagem você deixaria para as pessoas que gostariam de praticar esporte ou que estão iniciando?
Para tudo na vida é preciso dar o primeiro passo. Depois tudo se encaixa.
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples

BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples