BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
O DESTARK é um projeto que visa homenagear nossos Starkianos que mostraram muita força de vontade, determinação, e que deram um novo rumo em suas vidas através do esporte. Nesse novo formato, com uma série de perguntas e respostas, semanalmente teremos depoimentos inspiradores de Starkianos que nos dão o prazer e a alegria de fazer parte do nosso convívio!
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
Nome: José Ximenes
 
Esporte que pratica: Corrida
 
 
Como você entrou para o esporte e o que mais te motivou a praticá-lo?
Sempre fui amante e praticante de esportes. Quando adolescente cheguei a praticar surf, skate, vôlei, squash e como todo brasileiro apaixonado por futebol. Posso afirmar que o esporte faz parte do meu dia a dia e está no meu sangue. No ano de 2000, comecei a correr com alguns amigos na Av. Beira Mar e de cara me apaixonei pela modalidade. Hoje não consigo me enxergar sem a corrida na minha vida.
 
Como conheceu a modalidade e como ela passou a fazer parte da sua rotina?
Conheci a modalidade através de amigos. Inclusive dois desses amigos que corriam comigo me convidaram a conhecer uma assessoria de corrida. Na época nunca tinha escutado falar e nem que existia uma assessoria de corrida de rua. Fui conhecer exatamente no ano de 2001 a Stark (na época liderada pela Tamara). Naquela época já tinha um grupo muito bom e resolvi entrar. Já estou com 14 anos de corrida e não me vejo longe delas. Daí pra frente conquistei amizades maravilhosas, amigos que passaram a fazer parte da minha vida.
Uma observação que a Tamara fazia na época é que eu era uma pessoa muito cautelosa, pois não lesionava. De fato, não sei se por sorte, cautela ou não exagerar nos treinos, mas até hoje não tenho registro de me afastar dos treinos por lesão.
 
O que o esporte representa hoje na sua vida?
A corrida passou a ser um momento de descontração. Posso dizer que me tornei uma pessoa mais leve e equilibrada. Esse estado de espírito é muito importante para o ritmo de trabalho que tenho, faz com que as coisas ocorram de forma que dê certo.
Fisicamente hoje estou com 54 anos me sentindo com preparo de 30 anos, com muita disposição e gás para correr por muito tempo rsrsrs…
O carinho e companheirismo das pessoas que correm com você é muito gratificante. É uma energia muito boa, não tem preço. A sensação que sinto ao término dos treinos é vontade de correr cada vez mais.
 
Quais os benefícios que começou a sentir com a prática de atividade física?
Comecei a correr com 40 anos e as vezes pensava que tinha começado muito tarde. Mas quem casou com 48 anos, acho que fui um pouco precoce rsrsrsrs… 
A corrida me trouxe muitos benefícios tanto para saúde física como mental. Sem contar com o grande número de amigos que formei, que vai além daquela hora da corrida. Eles começam a fazer parte da sua vida, do seu dia a dia. É muito gratificante e isso me revigora muito.
 
Como você definiria em algumas palavras a relação Esporte x Superação na sua vida?
Passei muito tempo para decidir fazer uma maratona, até que resolvi que tava na hora, haja visto o tempo que já tinha de corrida. O desafio era transformar meu título de corredor de rua para Maratonista. Para isso, contei com apoio e incentivo de amigos que treinaram comigo. Deixo aqui meus sinceros agradecimentos aos grandes amigos Edgy, Paulão, Rodrigo e também ao Régis que embora não tenha treinado comigo, sempre me incentivou e falava que eu estava preparado. Não posso deixar de falar do apoio da minha família e da minha mulher que cuidou da minha alimentação, me acompanhou na viagem da corrida, foi participativa em todas as ocasiões. No Km 37 ela me aguardava com uma coca-cola. Foi muito bom, pois não conseguia mais tomar o gel. Aquela coca-cola me ajudou a dar energia para finalizar os últimos quilômetros. Esses momentos faz com que percebemos o quanto valeu a pena. Dos 14 anos não tive emoção maior, chegando bem e ao lado de pessoas que se gosta para comemorar.
 
Qual mensagem você deixaria para as pessoas que gostariam de praticar esporte ou que estão iniciando?
As pessoas que já praticam a corrida sabem o quanto é bom. Costumo até dizer que é um caminho sem volta. Os benefícios são perceptíveis desde os primeiros momentos. 
É um esporte que não tem idade para se começar. A decisão depende só de você mesmo. É se olhar no espelho e dizer: EU QUERO! A corrida é uma superação diária, são objetivos que você traça consigo mesmo. Claro que não se deve sair correndo aleatoriamente. A ajuda de profissionais para orientação é muito importante. Fica a dica!!! 
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples
BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples