“Quando recebi o convite para ser o Destark do mês fiquei extremamente lisonjeado. Nunca, nem nos meus melhores sonhos, imaginei que poderia ter um reconhecimento desses. Logo eu que, há 6 anos, vinha de um histórico de obesidade, sedentarismo e tabagismo (fumava 2 maços diariamente).

O divisor de águas dessa mudança foi o nascimento do meu filho. Em uma mesa de bar um amigo me alertou: “Davi, desse jeito você não vai ver seu filho crescer, você é uma bomba relógio“.

Foi quando a ficha caiu e decidi mudar de vida. Parei de beber, de fumar, me submeti a um cirurgia de redução de estômago e comecei a procurar hábitos saudáveis.

A primeira atividade física que entrei foi a hidroginástica, depois comprei uma bicicleta e comecei nos passeios noturnos. Nessa época já estava me sentindo muito bem, mas percebia que podia mais. Sentia “inveja” de quem corria. Era era sonho! Foi quando me inscrevi na extinta corrida do Iguatemi. Sem treinar nada, fiz 8 km em 1h:15min. Daí o mosquitinho da corrida tinha me picado e não parei mais. Entrei numa assessoria de corrida e fui colocando metas. E depois, sentindo a necessidade de transpor novos desafios, entrei no mundo do Triathlon, que virou uma paixão!

Hoje, além de conquistar irmãos que o esporte me deu (considero realmente uma família), coleciono minhas conquistas pessoais, dezenas de corridas de 10km, 28 meia maratonas, 03 maratonas, 02 ultramaratonas e 02 Ironman.

Tenho certeza de que o esporte transforma vidas, pois sou um exemplo vivo. Podemos tudo, só querer. Um dia de cada vez dá certo.

Agradeço a todos que fizeram essas minhas conquistas acontecerem, em especial a Stark, pelo seu profissionalismo e apoio.”