Superação, força de vontade e conquistas. Essas são palavras que não faltam na vida do nosso Destark desse mês, Adriano Pordeus. Uma história que é um orgulho para nós da Stark e um exemplo para milhares de pessoas. Conheça um pouco dessa história através das palavras do próprio Adriano:

“Uma das lições mais importantes aprendida com a prática da corrida de rua talvez tenha sido a de que nunca é tarde para começar.

No início de 2015, aos 38 anos de idade, vi-me fumando 20 cigarros por dia, sedentário e pesando 150 kg. Possuía uma alimentação completamente desregrada, sem muita preocupação com a qualidade e a quantidade do que comia, com hipertensão, dores frequentes nos joelhos e nas costas, apneia do sono e a certeza de que se continuasse com aquele estilo de vida, não teria um futuro muito promissor.

Depois de muitas tentativas ao longo da vida de praticar alguma atividade física regularmente, sem sucesso, finalmente em 31 de agosto de 2015, eu decidi mudar.

Passei a caminhar quase que diariamente – ainda não conseguia correr -, deixei de fumar e mudei alguns hábitos alimentares.

Conheci João Tavares Neto, que me apresentou o Treinamento Funcional em sua academia, até que em março de 2016, ingressei na Stark e conheci minha grande paixão: a corrida de rua.

Correr é simplesmente sensacional, porque te coloca frente a frente com os teus limites, e te mostra, a cada treino, a sua capacidade de superação.

A corrida me trouxe, antes de qualquer coisa, autoestima, porque a cada treino realizado, a cada quilômetro corrido, a cada prova cumprida, eu fui consolidando a crença de que eu era verdadeiramente capaz de realizar tudo aquilo que eu me propunha. A corrida te proporciona disciplina, perseverança, concentração, força, equilíbrio, prazer, saúde, bem estar, além da sensação deliciosa de sentir-se um campeão ao final de cada prova.

Nesse meio tempo, iniciei o acompanhamento com nutricionista, o que possibilitou a aquisição de hábitos alimentares mais saudáveis e que tornaram os treinos mais eficientes.

Após um ano e sete meses, muitos quilômetros corridos, 40 kg a menos, 11.300 cigarros não fumados, 05 medalhas conquistadas, a capacidade de correr 10 km, a maior vitória alcançada até aqui é a do ensinamento que diz que nunca, nunca, nunca devemos desistir de nossos sonhos.”

 

Adriano Pordeus

Aluno Stark