Dicas para que você se convencer, de vez, que se correr é bom, participar de provas é melhor ainda


participar_provas

Você começou a treinar, está adorando todos os benefícios que a corrida de rua traz para a sua vida, mas não consegue entender o porquê de seus amigos de corrida ficarem tão empolgados em participar de provas. Na sua cabeça, apenas fazer os treinos já é suficiente para que você fique realizado com o esporte. Esse é um pensamento típico de quem nunca participou de uma prova. Até completar pela primeira vez uma competição.

O clima alegre dos eventos, o fato de ter um objetivo em mente e você poder verificar como anda o seu rendimento já seriam bons motivos para que você se inscrevesse agora em uma prova. Mas se isso não basta, reunimos seis ótimos incentivos para que você se convença, de vez, que se correr é bom, participar de provas é ainda melhor. Aproveite que o calendário de 2015 já começou a ser divulgado e faça a sua inscrição na prova que mais lhe agrada.

1. Faz bem para o corpo e para a alma
As provas são ótimas formas de você avaliar a sua condição física, além de ser uma maneira de desestressar. Para isso, algumas corridas oferecem (até!) massagem antes do grande dia. O intuito é aliviar a tensão e descontrair um pouco durante a preparação para a prova.

2. Descubra lugares bonitos e diferentes a cada prova

Unindo o útil ao agradável, ao começar a participar das corridas de rua que acontecem quase religiosamente todo fim de semana em algum lugar do País (sem contar as provas internacionais), você tem a possibilidade de conhecer um local novo a cada prova. Imagine, por exemplo, o que é participar da K42 Bombinhas Adventure Marathon, uma prova com característica de aventura realizada em um dos lugares mais bonitos de Santa Catarina, cercada de praias e muita natureza. Para quem deseja explorar o País em busca de novos lugares, o circuito de corridas de rua está repleto de atrações como esta. Mais um bom motivo para você se inscrever em uma prova ou competição.

3. Ganhe presentes e acrescente motivação à sua rotina de corredor
Medalha, frutas e serviços especiais para os concluintes. Terminar a corrida, seja em que estado físico for, é uma vitória. Assim, ganhar uma medalha por isso é sempre especial. No Circuito das Estações, o corredor pode unir as medalhas conquistadas nas quatro etapas do circuito, montando uma “mandala”. Além de recordações como essas, que ainda servem de incentivo para o atleta participar de todas as etapas, muitas provas oferecem após a corrida frutas, bebidas energéticas, lanches e brindes relacionados ao mundo da corrida. Sem contar as providenciais massagens, que dão aquela soltada nos músculos.

4. Equivale a uma terapia
O contato direto com a natureza, o vento batendo no rosto, e o fato de poder desligar do cotidiano, assim como a deliciosa sensação de liberdade e superação dos limites são ótimas experiências. Para a maioria das pessoas, correr equivale a uma terapia, daquelas que limpam a cabeça e varrem o estresse e as preocupações do dia a dia para debaixo do tênis. Daí tanta gente optar por correr pelas ruas das grandes (e pequenas) cidades do mundo.

5. Faça novas amizades
A corrida é um esporte individual, mas não solitário. Junto com os benefícios da atividade aeróbica, ela ajuda a ampliar o círculo de amizades de quem corre. Por isso, o número cada vez maior de grupos de corrida no país. Quem participa de uma prova uma vez sempre quer voltar. E traz novos amigos junto.

6. Sinta a sensação de bem-estar e euforia pós-corrida
Após cruzar a linha de chegada, nada melhor do que curtir a endorfina (substância responsável pelo sentimento de euforia que surge durante ou logo após o esforço físico) que ainda está circulando no corpo.

Dicas para escolher a prova certa
Para que você sinta todos esses objetivos, no entanto, é preciso saber escolher a prova certa.

– Conheça o percurso e saiba as suas dificuldades como ladeiras, temperatura, entre outros detalhes para definir se você tem preparo suficiente para isso.

– Tenha certeza de que você está treinado para a distância escolhida.

– Jamais subestime a prova.

– Não pule etapas. Comece sempre por provas menores e vá ganhando confiança com o decorrer do tempo.

– Se não achar o melhor caminho, procure orientação de um profissional para ajudar em seu treinamento e na escolha desta e de outras provas.

Fonte: Revista O2