Saber como preparar o corpo para fazer a sua melhor corrida é essencial quando a ideia é ganhar rendimento


Melhor corrida

BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples

Fazer boas provas de corrida de rua é uma habilidade, mas precisa ser treinada. Assim como um jogador de basquete pratica lances livres para conseguir responder de forma satisfatória às situações de jogo, você pode se tornar um corredor mais apto e ganhar desempenho se usar algumas táticas para fazer a sua melhor corrida.

Por natureza, o corpo é pré-programado para interromper situações que o machuquem. Coloque sua mão em uma panela quente e não vai demorar muito antes de seu cérebro enviar um sinal para o seu braço recuar o quanto antes. Esse mesmo princípio é aplicado nas corridas. Se você exigir demais do coração, dos pulmões ou das pernas, certamente sua mente vai tentar impedi-lo de continuar a correr com força. Para que isso não aconteça, é fundamental que você tenha estratégias específicas (e as treine) para avisar o cérebro que está tudo sobe controle e que você pode continuar nas passadas para fazer sua melhor corrida. Listamos cinco táticas nas quais você pode apostar para fazer sua melhor corrida.

1. Respiração
Durante a corrida, procure inspirar pela boca e pelo nariz ao mesmo tempo. Absorva o máximo de oxigênio possível na inspiração e esvazie os pulmões na expiração. Procure inspirar por três segundos e expirar por dois segundos, ou se achar mais simples, inspire por três passadas e expire por outras duas.

2. Alimentação
Quem corre tem que fazer uma dieta adequada ao seu treino. Ingerir carboidratos antes dos treinos melhora o desempenho, além de preservar a massa magra. Com isso o seu corpo estará preparado para fornecer a energia necessária para continuar correndo bem e você poderá fazer sua melhor corrida.

3. Hidratação
Beba muito líquido durante e após os treinos. Como a corrida deixa o corpo desidratado, você precisa repor os líquidos e os sais minerais para que tenha o rendimento esperado. A medida que você desidrata o seu corpo também perde performance.

4. Descanso
Você precisa respeitar os dias de descanso para que o seu corpo consiga se recuperar do desgaste sofrido durante as passadas. Lembre-se de que o excesso de treino causa fadiga muscular e pode ocasionar lesões.

5. Treino
Sua planilha de treinamento deve ser progressiva. Não invista em nada muito agressivo, pois isso não fará com que você faça sua melhor corrida. O ideal é aumentar a intensidade ou o volume de treinos de 5% a10% por semana, no máximo. E eles devem ser divididos entre treinos curtos e rápidos, longos, intervalados e progressivos.

(Fonte: Cristiano Santana, líder do grupo de corrida da Cia Athletica unidade Kansas – São Paulo). Publicado em https://o2porminuto.ativo.com