Para perder mais calorias é preciso acelerar o metabolismo. Saiba em quais estratégias investir.

A corrida de rua acelera o metabolismo naturalmente

BlogMessengerStarkEspacoEmBrancoSimples

Não é por acaso que diversas pessoas começam na corrida de rua para eliminar os quilos extras e depois acabam se apaixonando pela atividade. Quem corre sabe que um dos mais famosos benefícios das passadas é que essa atividade física ajuda a acelerar o metabolismo. Isso acontece porque correr aumenta o consumo de oxigênio, através da ativação muscular, o que eleva o gasto calórico.

Mesmo assim, ainda é possível fazer com que você perca mais calorias usando estratégias simples. Listamos cinco maneiras de acelerar o metabolismo para que você elimine de uma vez por todas os quilos indesejados.

1. Não esqueça o café da manhã
Você já deve ter ouvido que o café da manhã é a refeição mais importante do dia. Muitas pessoas não ligam para isso e pulam o café, por falta tempo ou por não gostar de comer nada quando acordam. Se você espera até o almoço para mandar algo para dentro, seu corpo entende que você está jejuando e envia a informação para o cérebro, que faz com que o seu metabolismo fique mais lento. Tente, ao menos, comer algo rápido, como cereais, manteiga de amendoim com torrada ou frutas. Mais: lembre-se de que, ao tomar café da manhã, você tem mais chances de queimar as calorias ingeridas (durante a corrida, por exemplo), já que você está consumindo alimentos ainda no início do dia.

2. Invista no chá verde
Ele é um ótimo aliado para acelerar o metabolismo. Os antioxidantes encontrados no chá verde podem induzir o organismo a perder calorias na forma de calor, o que aumenta a sua queima calórica. Além disso, ele conta com cafeína, um recurso não medicamentoso bastante conhecido e largamente utilizado para deixar o metabolismo mais atuante. E para o corredor ela é uma ótima pedida, já que contribui para retardar a fadiga e melhorar o rendimento. Mas é importante tomar cuidado com sua ingestão exagerada para não ter irritação do trato gastrointestinal.

3. Faça todas as refeições
O corpo tem um mecanismo de sobrevivência que economiza calorias, quando você fica um longo período sem comer. Por isso, ao pular refeições, naturalmente, o seu metabolismo diminui para impedir que a fome apareça. Como evitar o problema? Coma de três em três horas. Você pode apostar em lanchinhos durante as refeições principais, o que fará, também, com que você sinta menos fome na hora de se alimentar. Adotando essa estratégia você ainda ajuda a manter os níveis de energia altos durante todo o dia.

4. Tenha sempre uma proteína no prato
O corpo precisa trabalhar duro para digerir os alimentos que você manda para dentro. E o lado positivo disso é que o seu metabolismo acelera em resposta a esse trabalho. No entanto, ao comer proteínas o aumento do metabolismo é um pouco maior do que quando comparado ao consumo de carboidratos ou gorduras (mesmo tendo a mesma quantidade de calorias). É claro que isso não significa que você deve mudar para uma dieta apenas com proteínas, uma vez que os carboidratos são a principal fonte de energia para os corredores. Mas tentar incorporar proteína magra na maioria das refeições é uma boa pedida. Peixe, carne vermelha magra, frango sem pele, peito de peru, iogurte desnatado, leite desnatado e ovos são alternativas saudáveis.

5. Continue correndo
Como já foi dito, fazer atividade física é uma ótima maneira de acelerar o metabolismo. Por isso, continue apostando nos seus treinos de corrida, normalmente. E tente ficar em movimento o máximo possível durante o dia. Se você fica muito tempo sentado durante a jornada de trabalho, lembre-se de levantar um pouco para caminhar durante as horas em que estiver no escritório.

(Fonte: Gerseli Angeli, fisioterapeuta e diretora técnica da Physio Institute – São Paulo). Publicado em https://o2porminuto.ativo.com